Páginas

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

HIPINFO - Sacolas com Marca de Supermercado não Poderão ser Cobradas em SP




















Embalagens sem nome da empresa e com instruções de uso poderão ser vendidas; medida vale apenas para a capital paulista.

Supermercados da cidade de São Paulo não poderão mais cobrar por sacolinhas plásticas biodegradáveis que contenham a marca da empresa. A nova norma do PROCON (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor Paulistano) foi publicada no Diário Oficial dessa terça-feira (17/10). A medida evita que o consumidor pague por publicidade gratuita dos supermercados. Já embalagens bioplásticas que não tiverem a marca da empresa e contenham as instruções de uso padronizadas pela Prefeitura podem continuar sendo vendidas. Atualmente,o consumidor paga a partir de R$0,08 por unidade. Segundo o Procon, o estabelecimento que descumprir a nova lei poderá ser multado de acordo com a gravidade da infração, a vantagem auferida e a condição econômica do fornecedor.

Lei das sacolinhas biodegradáveis

Em vigor desde o dia 5 de abril de 2015, a lei das sacolinhas proíbe os estabelecimentos comerciais de São Paulo de distribuir as tradicionais sacolas plásticas. Em substituição, o comércio adotou uso de sacolas verdes e cinzas, que são 40% maior e biodegradáveis. O objetivo da lei é evitar que as novas sacolinhas sejam despejadas nos aterros com resíduos que não são reciclados e, assim, deixem de ser reutilizadas, prejudicando o meio ambiente. 

Fonte: Supermercado Moderno
Realização e Projeto Gráfico: Jean Saba
Imagens: Freepick



terça-feira, 3 de outubro de 2017

HIPINFO – Vendas para o Dia das Crianças























Ticket médio de presentes dos consumidores do estado de SP deve ser entre R$50,00 e R$100,00

O Dia das Crianças deve proporcionar um crescimento nas vendas de 5% e o  ticket médio de presentes dos consumidores do estado de SP deve ser entre R$50,00 e R$100,00, de acordo com a pesquisa de expectativa de vendas realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de SP). 

“Estamos entrando em um cenário econômico otimista se comparado ao início do ano. Sendo assim, as datas comemorativas do último trimestre têm grande potencial para alavancar o comércio. No entanto, não devemos ignorar o cenário de incerteza política e nem comparar com anos em que as vendas estavam em alta. A situação ainda é de recessão”, afirma o presidente da FCDLESP,

Maurício Stainoff.

Fonte: Supermercado Moderno
Realização e Projeto Gráfico: Jean Saba
Imagens: Freepick

TEMA CHECKOUT - OUTUBRO ROSA

 Clique na Imagem para Download Automático deste Tema

TEMA CHECKOUT - Dia das Crianças

 Clique na Imagem para download automático do tema